quarta-feira, 15 de março de 2017

Lei Maria da Penha é tema na Faculdade Visconde de Cairu


2ª Edição do Mulheres Empreendedoras em Salvador



Com o tema " Uma mulher empoderada , empodera uma cidade inteira", a  2ª Edição do Mulheres Empreendedoras em Salvador será realizado na próxima quinta (30/03) , das 8hs às 13hs , no Hotel São Salvador (Stiep) . 

Em 2017 , o evento contará com mulheres empreendedoras de destaque no cenário de entretenimento e projetos voltados ao bem estar da mulher na Bahia . Nomes como a promoter Marta Góes e a advogada Mônica Kalile já estão confirmados . 


Para compor a mesa de debates, foram convidadas empreendedoras de sucesso, destaques no cenário baiano acerca de empoderamento feminino. Também foram firmadas diversas parcerias para a Feira de Negócios, inclusive contaremos com balcão de informações do SEBRAE. 


Para se inscrever, basta enviar e-mail para: eventos@bcma.adv.br

Dados necessários: 
Nome Completo - Empresa e/ou Profissão - Telefone para Contato. 
O investimento é no valor de R$ 25 (vinte e cinco reais).
Contamos com a sua presença​!!

Encontro de Mulheres Negras e Mulheres Quilombolas em Salvador




"92% das famílias quilombolas ainda aguardam pela titulação
A titulação continua um sonho distante para a grande maioria das comunidades quilombolas no Brasil. Desde que o direito foi reconhecido na Constituição Federal em 1988, apenas 165 terras quilombolas foram regularizadas, sendo 37 delas apenas parcialmente.Em 2016, apenas uma terra foi titulada. E do total de 1.525 processos no Incra, somente 37 tiveram avanços no ano passado com a emissão de Concessões de Direito Real de Uso (3) e publicações (5 decretos de desapropriação, 19 portarias de reconhecimento e 10 relatórios de identificação). "
Fonte: Incra 


Programação : 


1º dia 24/03/2017 – Local: Sede da SPD
Acolhimento das participantes

 Apresentação dos envolvidos e seus municípios
Atividades Culturais.


2º dia 25/03/2017 – Local: Casa de Angola
Diálogo entre Mulheres Urbanas e Quilombolas – Discutindo Autonomia e Desenvolvimento Social; 
Compreendendo as ferramentas de Controle Social e os Equipamentos de Implementação das Políticas Públicas.



3º dia 26/03/2017: Caravana Cultural- Entendendo a importância do Espaço Público e a Conservação Ambiental.



Como Participar
As inscrições podem ser feitas através dos contatos: 071 3033-56913 ou 9870-49648.

CSU Nordeste de Amaralina debate Lei Maria da Penha



convido vocês , mulheres do Nordeste de Amaralina , para estar conosco na palestra " Mulheres Não Fazem Silêncio "nesta sexta (24), às 9hs, no Centro Social Urbano da sua comunidade. Venha pensar conosco novas estratégias como sugestão para combater o silêncio da Violência Contra a Mulher . Junte-se a nós . Patrícia Bernardes

Projeto Mulheres Não Fazem Silêncio 2017 em Salvador


e o Projeto "Mulheres Não Fazem Silêncio "em Salvador  nasceu em grande estilo . Meu muito obrigado a Faculdade Visconde de Cairu , através da minha amiga querida e professora Andreia Macedo e a coordenadora do Núcleo de Assistência Social , Hilda Mello por acolher a minha proposta . Agradecer e abraçar ...Patrícia Bernardes 








terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Fé Sustentável no Candomblé


por Yalorixá Diana de Oxum

Sou do tempo que a minha fé era minha e minha caminhada com meu orixá era bem particular do roncó até os dias de hoje . Acompanhando os últimos acontecimentos do Candomblé ,me peguei a questionar onde está fundamentada a fé destes filhos de orixá no Brasil . Comprar pentes plásticos , perfumes , colares , brincos , cestas de vime dos mais diversos tamanhos e ambições trará os desejos para perto de seu dia dia ?! Vale refletir .
Vivemos em tempos que a natureza vem pedindo por socorro e a intolerância religiosa vem nos maltratando dia após dia .
Como ser de axé se estamos poluindo a casa de Yemanjá a cada dia mais e mais ?! Por que as flores banhadas no perfume que ela gosta já não é mais suficiente ?! O que você de fato espera de seu orixá se a sua fé já está aprisionada a objetos plásticos que fazem mal aos fundamentos da rainha das águas ?!
O que você quer pra sua vida ?! Fevereiro é um mês cercado de mistérios já que , os mais antigos do Candomblé , afirmam que exús e padilhas se fazem mais próximos por conta do Carnaval . Os espíritas afirmam que os espíritos presos a carne e com seus vícios de àlcool , sexo e drogas se misturam aos humanos que não cuidam da sua fé . Os antigos católicos afirmam que Fevereiro é o período da "festa da carne e da luxúria" . E você?! O que deseja do seu orixá ?! O que tem feito pela sua vida na Terra para dar orgulho ao seu orixá e viver em paz nos mares e nos rios de seu dia a dia ?! Uma fé sustentável não é presa aos acessórios plásticos para suplicar a Yemanjá , por vezes, algo que você mesmo pode fazer pela sua vida .
No meu Ilê as oferendas são orgânicas e se dissolvem no mar e no rio . Não poluímos a morada das yabás que tanto amamos ; Oxum e Yemanjá. Preserve as águas que lavam o seu ori (cabeça) e que consola o seu coração ano após ano. Se preserve na fé.

sábado, 24 de dezembro de 2016

Banzo



por Yalorixa Diana de Oxum. 


E o final do ano chegou e as lembranças também .
De todos os doenças curadas nas águas mágicas de minha mãe Oxum no meu Terreiro, a mais desafiadora na minha vida como yalorixa é o banzo (a tristeza, a depressão) . A escuridão da tristeza sempre afasta um filho de orixá de sua fé e,por consequência, do caminho do seu orixá. Não estou aqui falando que não podemos sentir tristeza uma vez ou outra é natural para o amadurecimento de nossa formação. Estou falando do abismo profundo da tristeza que leva, muitas vezes, a morte. Como lidar com este filho(a) de orixá ?! A resposta está nas águas de amor de Oxum. Não há ebo mais forte que o amor. Ele é forte e restaurador como as águas de mudança em nossas vidas. Existe o banzo que trazemos geneticamente de nossos pais e existe o banzo causado pelas inúmeras perdas causadas de forma bruta em nossas vidas. Acolher, ouvir e zelar por este ori (cabeça) é para poucos. O amor é isso. Remédio presente em nossos corações e pouco doado para quem está ao nosso lado. Só o amor pode vencer a morte de nossa esperança. Oxum guarde a todos que estam atravessando o rio da tristeza neste momento.